Estratégia para pagamento de suas dívidas

Prosperidade é um conceito bem amplo. Como você pode ver nas diversas dicas que damos aqui no site. Ela vai desde a prosperidade financeira e profissional, até a sua prosperidade pessoal que inclui também felicidade dentro de casa.

Mas, uma das maiores preocupações hoje, principalmente por causa da atual situação brasileira é sem dúvida o dinheiro, e com isto a prosperidade financeira.

Entenda que prosperidade financeira não é ter bilhões na conta. É, sim, ter um montante de valor que lhe deixará tranquilo sempre que houver alguma eventualidade na sua vida. Ou seja, aquele famoso montante de dinheiro na sua conta que nunca será mexido para nada e ficará ali, esperando o momento certo para ser usado.

Mas para chegar neste ponto é necessário que você quite dívidas. Sim, sabe aqueles carnês, aquelas prestações a perder de vista , a sua fatura de cartão de crédito ? É hora de encarar todos estes problemas e pegá-los de jeito.

Aqui vou dar algumas dicas de como você pode finalmente se livrar das dívidas.

O Primeiro passo é aceitar que tem problemas

Sim, porque o primeiro passo para resolver qualquer tipo de problema na nossa vida é realmente entender que se tem problemas. E acredito que se você está lendo este texto, você já aceitou que tem dívidas e que precisa urgentemente resolver estes problemas.

E, também é bom lembrar que durante um bom tempo da sua vida a partir desta aceitação seu objetivo deve ser quitar todas as dívidas que você formou ao longo dos anos.

Evitar viagens, passeios caros, ter um controle financeiro adequado ( o uso de um programa on line pode ser ótimo ), anotar inclusive aqueles gastos de menos de 10 reais que minam o nosso orçamento, compras caras, e até mesmo, investimentos, já que de nada adianta ter investimentos se os juros do cheque especial e cartão de crédito estão acima do retorno de qualquer investimento que você possa vir a fazer.

Porque eu citei tudo isto aí acima ? Porque é bom que você se prepare para tempos em que você deixará de fazer diversas coisas para simplesmente pagar dívidas, para logo depois, finalmente guardar dinheiro.

Listar todas as dívidas em uma planilha ou programa financeiro

Uma das primeiras coisas que fiz quando  coloquei na cabeça que iria resolver toda minha situação financeira foi listar todas minhas dívidas e finalmente, colocar na cabeça que eu teria que sofrer durante um tempo para pagar tudo e finalmente ter sossego.

E como fazer isto ? Pegue um papel e vá listando. todas as dívidas, principalmente as que estão relacionadas a bancos como cheque especial e cartão de crédito, que são sempre aquelas que tem um crescimento fora do comum quando não negociadas a tempo.

Resumo, é aquil, que usando um programa financeiro , um papel ou uma pequena planilha você deve cuidadosamente colocar tudo que deve e, finalmente, quanto você terá que abrir mão de gastar ou investir durante um tempo até que tenha tudo pago.

Elaborar um orçamento familiar realista

Este é o ponto mais crítico. Você deve. E este dinheiro que poderia estar sendo investido no bem estar da sua família está sendo repassado para os bancos em forma de juros.

Portanto, é hora de sentar com a família e começar a repensar seus gastos. Um plano de telefonia mais barato ( sim, talvez até transformar todos os celulares em pré-pago é uma opção, porque não ) , abrir mão da TV a cabo e internet ( caso precise da internet para alguma coisa opte por uma mais barata ) e por aí vai.

Resumo, faça um orçamento honesto, que você vai conseguir cumprir pois de nada adianta fazer um planejamento que você tem certeza que não vai cumprir, pois isto além de tudo vai lhe causar  uma derrota muito grande e não é legal isto acontecer logo agora que você quer resolver seus problemas né ?

Feito o orçamento e retiradas todas as gordurinhas ( pense neste período inclusive se ter um carro será bom neste período, já que ele gera muitos gastos indiretos ) passe para o outro passo.

Priorize as dívidas caras

Não enrole. As dívidas mais caras devem ser automaticamente pagas. Quais são elas ? Aquelas que você tem com o banco.

Portanto, corra lá e tente pagar o máximo possível das coisas que você tem com eles. Cheque especial e cartão de crédito devem ser as primeiras, sempre.

Assim, pague primeiro as dívidas mais prioritárias e depois vá passando para o restante, ou seja, assim que quitar uma dívida, passe a quitação da próxima.

Com este ritmo, em pouco tempo, talvez até um ano se você for esperto, terá pago tudo.

Procure formas de ter uma renda extra

Esta é uma dica que eu sempre dou para qualquer um. Porque ? Porque em um período deste qualquer valor extra pode ser usado para a quitação de suas dívidas.

Sabe fazer um artesanato ? Bote mãos a obra. Sabe consertar computadores ? Passe seu número para interessados.

Não gosta de procurar clientes ? Vá para sites como  o Workana, 99 freelas e outros e comece a prestar serviços online. Posso lhe dizer que já tive boa renda com estes sites e consegui inclusive pagar muitas das minhas contas com isto.

E finalmente investir em ganhar uma renda extra na internet. Aqui no site podemos lhe ajudar muito neste quesito pois a internet é um dos poucos mercados que hoje não está em crise no nosso Brasil atual.

Esta renda extra pode lhe ajudar a pagar suas contas muito mais rápido do que você pagaria somente com sua renda formal.

E, ainda, pode ser um alento caso você perca sua renda principal que é sem dúvida uma realidade no atual cenário brasileiro.

E finalmente, acompanhe a amortização das dívidas ao longo do tempo

Com todos os passos acima e tudo planejado, passe para o acompanhamento. Um balanço geral de tudo que você deve e até número de prestações que você está devendo de cada uma de suas dívidas é importantíssimo.

Este balanço pode ser mensal e com isto você terá uma visão da melhora de sua condição ao longo dos tempos, e, caso não esteja melhorando é sem dúvida hora de procurar um orgão de defesa do consumidor para que eles possam lhe dar o auxílio jurídico necessário para a resolução de problemas que você não está conseguindo de forma amigável.

Não tenha vergonha e mostre a todos seus credores sua situação. No atual momento brasileiro o que eles querem é receber e se você demonstrar honestidade nenhum deles vai brigar com você. Boa parte deles inclusive irá lhe ajudar e tornar os valores das negociações algo bem viável para que você consiga pagar.

E finalmente invista na sua educação financeira. Há livros e cursos bem baratos sobre o assunto que eu já li e acho muito bons. Fizeram com que eu entendesse que nos últimos anos eu sobrevivi e não vivi simplesmente por minha culpa e de mais ninguém.

Aposte na sua educação financeira e no seu crescimento pessoal. Pague suas dívidas e seja feliz. Nada melhor que poder deitar na cama sem dever nada, tendo somente as despesas fixas que todos nós temos diariamente.