Dicas de Prosperidade 20: Dominados pelos vícios

O ser humano é algo complicado, mas, boa parte das vezes ele é facilmente mapeado pelos seus hábitos. E infelizmente, somos seres dominados por vícios.

Segundo a Wikipedia vício (do latim “vitium”, que significa “falha ou defeito”) é um hábito repetitivo que degenera ou causa algum prejuízo ao viciado e aos que com ele convivem.

O termo acaba sendo romantizado, mas, no fim, por menor que seja o vício ele irá causar algum problema a pessoa, seja um vício em chocolate, um vício em comida, um vício em , inclusive, sexo ou garota(o)s de programa, etc.

Evidentemente que não estou considerando aqui pequenos hábitos prazerosos que temos, como por exemplo, tomar um vinho de vez em quando, sair com amigos, comer um bom chocolate ou doce que gosta, mas, sim, aquele vício que lhe causa dependência psíquica, ou seja, aquele hábito que se torna doentio e você não consegue controlar.

Portanto, vejamos aqui alguns vícios de pessoas que acabam se considerando não viciadas, porque, tais vícios parecem tão normais para o dia a dia de todos nós que ninguém leva a sério.

  • viciado em chocolate
  • viciado em trabalho
  • viciado em exercícios físicos
  • viciado em refrigerantes
  • viciado em bebidas alcoólicas
  • viciado em vídeogames
  • viciado em Internet
  • viciado em sexo
  • viciado em compras
  • viciado em entorpecentes
  • viciado em jogos de azar
  • viciado em fast food (principalmente Mac Donalds)
  • viciado em nicotina (principalmente cigarros)

E como sabemos que algo é um vício ? Primeiro pela repetição porque ele começa com uma pequena vontade e vai crescendo até ser insuportável não atender este desejo, chegando até ao ponto em que você não consegue se livrar.

A literatura religiosa tende a colocar o vício como fraqueza de caráter ( algumas médicas também ). Se a literatura médica embasa suas opiniões ( no geral ) a religiosa bate em conceitos religiosos que na maioria das vezes acaba mais atrapalhando a pessoa que ajudando.

O vício não se trata de fraqueza de caráter , mas na realidade é parte de como nós funcionamos. Para nosso próprio bem e sobrevivência a natureza foi nos moldando de modo que criemos hábitos para facilitar nossa existência na Terra.

Ou seja, somos animais sociais e precisamos viver em sociedade e com isto a natureza nos fez imitar e manter os hábitos que vemos em outras pessoas. E tão logo nascemos começamos a desenvolver os hábitos necessários para aquele momento e outros que vão nos acompanhar pelo resto da vida.

Lembrando que, sabemos que nem todas as pessoas são tão sociáveis assim, e portanto, é garantido que nem sempre você vai querer estar se socializando, caso você seja assim, mas, boa parte de nossa vida é feita em forma de socialização.

Se você é pai ou mãe  vai se lembrar disto. O bebê percebe que ao chorar ele vai chamar a atenção, e, portanto, ele chora todas as vezes que quer atenção. Isto deveria acabar, logicamente, com o fim da infância mas este hábito arraigado pode perdurar até a velhice.

Evidentemente não veremos a pessoa chorando , mas em momentos da vida, por exemplo, um idoso irá começar a implicar com tudo e todos para chamar a atenção como o recém nascido. Ou uma criança por exemplo, que é muito engraçadinha, ou seja, brinca com tudo fazendo piada todos os dias. Ela chama a atenção sobre aquilo e podemos dar diversas variações.

A necessidade da atenção acaba sendo grande.

Assim é bom a pessoa entender que :

  • Não é fácil mudar um hábito
  • Um hábito pode mudar se for substituído por outro
  • Quanto mais tempo o hábito foi mantido, mais tempo levará para um
    novo hábito ser adquirido

Assim o que devemos fazer a respeito é, que, já que não é possível ficar livre de todos os hábitos, pois alguns são necessários, devemos adquirir e manter hábitos que funcionam a nossoa favor.
E assim é bom mapear aqueles hábitos que são ruins ou lhe causam problemas e começar a mudá-los :

  • deixar de fumar
  • deixar de comprar compulsivamente
  • parar de beber
  • parar de consumir refrigerantes de cola

O grande problema dos hábitos ( e principalmente os vícios ) é que eles são difíceis de abandonar porque geralmente O problema é que são hábitos, vícios difíceis de abandonar, por que a sensação por exemplo, de tomar um suco natural nem sempre vai suprir a sensação de tomar uma boa coca-cola, não é ?
Além de outras sensações de outros vícios que você nunca terá o mesmo grau de satisfação.

Assim, que tal exemplificar né  ? Pois é o melhor modo de entender qualquer coisa.

Um dos vícios mais complexos é sem dúvida o deixar de fumar pois o corpo de uma pessoa se torna dependente das substâncias que estão presentes no cigarro sendo a nicotina, com toda certeza, o mais evidente. E ainda tem o fator desencadeante que talvez tenha que se analisado por um profissional da área médica, ou até, se necessário, algum tratamento psicológico.

O comprar é outro grande problema , e muitas pessoas compram compulsivamente . Esta conduta é típica de quem está fazendo algum tipo de compensação. E esta, com toda certeza é necessário para ser tratado, já que as causas tem que ser analisadas, a ajuda de um profissional.

O vício de compra é umdos mais complicados e junto com o cigarro, pode ser um dos mais difíceis de serem abandonados.

Parar de beber é outro dos grandes problemas que temos pois o corpo de uma pessoa que é viciada em álcool já se acostumou com aquela substância todos os dias,e, assim, o corpo usa o cérebro para conseguir o que ele quer. O outro grande problema do álcool é que as pessoas conseguem fugir da realidade e pode ser que consigam ( sem ajuda médica ) lidar com a realidade que as cerca sem a ingestão de álcool.

Mas tal qual o vício de comprar em geral o vício em álcool deve sempre ser tratado com a ajuda de um profissional.

Um vício muito comum ( ou hábito ) que temos no mundo hoje é o hábito de consumir refrigerantes de cola que tem fórmulas bem viciantes ( eu mesmo sou viciado em coca-cola ). E nem adianta dizer as mulheres que causa celulite ou avisar dos problemas de saúde que eles tratam pois quem curte este tipo de bebida vai continuar tomando mesmo.

O grande problema dos nossos dias atuais é que acabamos por tomar mais refrigerantes de cola porque na maioria das vezes é muito difícil conseguir comprar sempre um suco ou uma água, e , refrigerantes sempre estão a mão.

Assim, o indicado é sempre tentar optar por sucos naturais, sempre que puder. Esta é uma dica que eu no fim, não sigo, e preciso criar vergonha para conseguir largar meu vício na Coca-Cola.

Assim, como eu posso dizer acima, nem sempre é fácil eliminar o vício. Aliás, é sempre mais fácil manter o vício que eliminá-lo, com toda certeza, principalmente se ele já está com você a anos.

Mesmo assim é preciso que nós lidemos com isto e assumir a postura de pelo menos, reduzir um pouco a situação que está lhe causando problemas. E isto, logicamente é uma dica super especial para vícios mais complexos como fumo, álcool e drogas mais pesadas pois com o tempo, o corpo irá lhe cobrar o fardo pelos anos em que você esteve o submetendo a este tipo de substâncias.